A espera de Arthur

Casais
10 de fevereiro de 2016

Para embalar esse post… Clique aqui e se emocione também! <3

Minha menina. Ela será pra sempre minha pequena.
De repente, a menina virou mulher. E estava prestes a virar MÃE.
Confesso que de primeira a novidade me pegou de surpresa! A notícia veio meio torta, e desceu quadrada.
Eu, a irmã 6 anos mais velha, super-protetora fiquei sem fala… Eu estava há anos tentando engravidar, enfrentando uma depressão por conta do leão da infertilidade. (assunto para outro post) =)
Me fechei no meu mundo. Senti culpa, saudade, amor, raiva. E chorei. Chorei tanto que sequei. Não tinha mais vida no olhar no coração só havia um espaço vazio.
Ela, no momento dela.
Eu, na minha dor.

Mas a vida… A essa tal de vida. Dá voltas, voltas e voltas.
E quando a gente menos espera, o céu começa a clarear. A tempestade vai dando lugar a um céu azulzinho, pintado de nuvens branquinhas e uma paz que invade e aquece o coração.
Busquei na fé e, principalmente, dento de mim a força para sair dessa situação mais forte, feliz e evoluída.
Afinal, a vida… “É bonita e é bonita”…

Fabíola e Felipe, radiantes, esperando Arthur.